Criei o espaço para publicar minhas idéias, digo poemas, apenas pensamentos espremidos até formarem versos. Puramente leigo, mais um diário que qualquer coisa.

Uma descrição do que passa por mim e do que fica, meu ponto de vista que é bastante restrito, desse tecido tão interessante, a alma humana.

Espero que apreciem a visita.


Todas as imagens são da internet e de propriedade dos respectivos sites.

terça-feira, 14 de julho de 2009

vida é movimento


Vento que voa veloz
Volúvel sempre a soprar
Somos todos um pouco de vento
Mentes sempre a pensar
Movimento inerente ao ser
Existir sem poder parar
Mudamos sempre ao respirar
Estamos vivos por assim estar
Ser estagnado, sente a dor
Paralizado faltando o sentido
Sem som, voz ou cor
morte, decompõe-se a dor
multiplicando ondas de sentimento
Gerando doce movimento
Em busca de sentir outra vez,
Movimento
num bater de asas
num bater de palmas
num bater de coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget