Criei o espaço para publicar minhas idéias, digo poemas, apenas pensamentos espremidos até formarem versos. Puramente leigo, mais um diário que qualquer coisa.

Uma descrição do que passa por mim e do que fica, meu ponto de vista que é bastante restrito, desse tecido tão interessante, a alma humana.

Espero que apreciem a visita.


Todas as imagens são da internet e de propriedade dos respectivos sites.

sábado, 20 de março de 2010

Definição de sociedade

adrenalina, correndo fugindo
acelerando tudo sem rumo
tendando ir mais longe
ritmo frenético irrefreável

Energias ao limite do ser
Stress é menos que resfriado
Desgaste perdeu significado
Descanso para desocupado.

Agradeço pelo trabalho
duro de cada dia mais.
A hora extra que aumenta
o mínimo que não satisfaz.

A impotência na desgraça
a matança que passa
diante dos olhos infantes
sem que se possa sonhar

Esperança esmagada sob
o peso eterno do porvir
amanhecer sem ter certeza
se chegará o anoitecer

Cercados por falsa alegria
propagada em mil outdoors
que gritam saúde e paz
uma vida melhor, é só pagar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget