Criei o espaço para publicar minhas idéias, digo poemas, apenas pensamentos espremidos até formarem versos. Puramente leigo, mais um diário que qualquer coisa.

Uma descrição do que passa por mim e do que fica, meu ponto de vista que é bastante restrito, desse tecido tão interessante, a alma humana.

Espero que apreciem a visita.


Todas as imagens são da internet e de propriedade dos respectivos sites.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Flashicidade da memória


Uma fração ou um centésimo
do tempo em ação geradora
É o tempo gasto em ser feliz
Apenas um flash momentâneo

O registro desse instante
Por menor que seja a duração
Lembrado será por muito tempo
Além de si e por outrém

Trazendo a sombra do momento
Para aquecer a alma triste
Naquele flash doído e escuro
A dor, tristeza, infelicidade.

A duração e intensidade iguais
mas não se assemelham em forma
Enquanto um se relega esquecimento
Ao outro lembramos eternamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget