Criei o espaço para publicar minhas idéias, digo poemas, apenas pensamentos espremidos até formarem versos. Puramente leigo, mais um diário que qualquer coisa.

Uma descrição do que passa por mim e do que fica, meu ponto de vista que é bastante restrito, desse tecido tão interessante, a alma humana.

Espero que apreciem a visita.


Todas as imagens são da internet e de propriedade dos respectivos sites.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Obrigada!

Depois de longa pausa sem criativo processo
por contratempos sem tempos, regresso a fim
eu-poético renovado e palavras fervilhando
agradecimentos múltiplos por todo carinho
meu apreço por cada alma que espiou
através de minhas parcas lentes/palavras
sua própria realidade, seu ser vivente
abraços em sorrisos e gratidão em versos
que possa passar de espaço em espaço
para agraciar a cada um de vocês, obrigada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget