Criei o espaço para publicar minhas idéias, digo poemas, apenas pensamentos espremidos até formarem versos. Puramente leigo, mais um diário que qualquer coisa.

Uma descrição do que passa por mim e do que fica, meu ponto de vista que é bastante restrito, desse tecido tão interessante, a alma humana.

Espero que apreciem a visita.


Todas as imagens são da internet e de propriedade dos respectivos sites.

sábado, 16 de janeiro de 2010

Racionalizando o ser

atenção, apreciação, audição
Seres humanos requerem tanto
Quanto o ar que não pode faltar
Mas negam aos demais, no entanto

Acontece que ser egoista
É intrínseco, instintivo
Faz parte da competição
Ajuda a eliminar os fracos

Frascos e comprimidos para depressão
Um sorriso à beira da morte
Não! Nâo é nada, apenas fraqueza
Por que fica remoendo sofrimento
Poderia trabalhar, gerar conhecimento?

Claro, por que pensar nos problemas
Enqunto posso trabalhar e produzir?
Pra que servem as tais relações
Se podemos reduzir e comprimir?

Espremer, apertar, acelerar, esmagar
Aquele que passa por tudo isso
Sai vencedor lá no final
resta saber se existe prêmio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget