Criei o espaço para publicar minhas idéias, digo poemas, apenas pensamentos espremidos até formarem versos. Puramente leigo, mais um diário que qualquer coisa.

Uma descrição do que passa por mim e do que fica, meu ponto de vista que é bastante restrito, desse tecido tão interessante, a alma humana.

Espero que apreciem a visita.


Todas as imagens são da internet e de propriedade dos respectivos sites.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Andando ...

Corri o mundo todo a procurar
o tesouro mais bonito pra ficar
Alcancei o mais alto sacrifício
para sentir por mim o que é se doar
Tentei todas as fórmulas sabidas
pra encantar a gente, ser querida
Ah, como corri contra o vento
querendo sempre passar esse tempo
Fugi da tempestade, por medo
pra não expor meus feridos.

Quem faz por si, tanto mais ganha
aquele que achou os amigos
esse tesouro de maior valia
porque não há nessa passagem
melhor coisa que a viagem
mas tem que vê-la por si, só
Ignorar os maus ventos, tormentas
correr no tempo é desperdício
ele que já passa tão depressa
Nem deixar de lado o que importa
E isso, cada um sabe de si.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget